Look do Dia

Look Wolverine

25 de agosto, 2014

Wolverine

 

Já ouvi de muita gente de que eu lembro o ator Hugh Jackman no personagem Wolverine.

Eu particularmente acho que não tem nada a ver! Talvez seja por causa da barba ou corte de cabelo, então hoje resolvi me inspirar no personagem, isso significa, COURO!

Apostei nessa jaqueta de couro da All Saints que foi um achado! Jaqueta de couro é igual procurar alguém pra casar, tem que ficar namorando ela um tempo até vc ter certeza de que tem o caimento perfeito, a cor perfeita e que seja couro de verdade.

O Wolverine curte usar botas, então escolhi essa bota estilo motoqueiro da John John com a calça pra dentro.

Embora eu não seja tão sério quanto ele, o que vale é a brincadeira! Espero que curtam o look!

Abs!

T

Tonanni-11-Julho-01 Tonanni-11-Julho-02 Tonanni-11-Julho-03 Tonanni-11-Julho-04 Tonanni-11-Julho-05 Tonanni-11-Julho-06 Tonanni-11-Julho-07 Tonanni-11-Julho-08 Tonanni-11-Julho-09

 

Óculos – Spitfire

Jaqueta – All Saints

Cachecol – Zara

Calça – Seven for all Mankind

Botas – John John

Tonanni

Sabe aquela frase bem brega que diz “amigo é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito”? Pois é… só em letra de música mesmo, porque na vida real o buraco é bem mais embaixo. Uns da até vontade de dar um tiro na cabeça.

Vou compartilhar uma coisa pessoal com vcs que está engasgada na minha garganta há alguns dias e quero saber a opinião de vcs. Na minha cabeça, amigo é aquele que fala a real, que não mede palavras porque quer ver vc crescer, e não fica passando a mão na cabeça. Pra isso já existe a figura do pai e da mãe certo?

Pois é, aparentemente o meu conceito de amizade está errado. Vou contar pra vcs…

Conheci o FRED (vou chamar ele assim pra não expor ninguém ok!?) por meio de amigos em comum. Ele sempre foi um cara muito fechado e tímido. Trabalhou em uma multinacional em um cargo alto durante muito tempo. Ganhou grana, ficou conhecido no mercado mas por não querer fazer parte do “esquema” da empresa, foi mandado embora.

Ganhou uma bolada da empresa e começou a viver como um playboy. Mas anos foram passando, a grana foi acabando e a deprê começou a bater. Mas daquelas pesadas mesmo sabe? Aí nessa hora que os amigos tem que ajudar. Foi exatamente o que eu fiz.

Ele começou a tentar montar um negócio do zero e eu me disponibilizei a ajudar. Dando conselhos sobre o site, redes sociais, indicando clientes, abrindo portas até que o negócio começou a ficar um pouco conhecido dentro do próprio mercado (embora ainda não desse dinheiro).

Eu pareço uma pessoa legal né? Não aos olhos do FRED. Talvez pelo fato de ele não estar conseguindo chegar onde quer, ele precisa diminuir todas as pessoas ao seu redor.

Resumindo a história, em uma das nossas conversas ele pediu pra eu dar minha opinião sobre o negócio, sobre ele e porquê que a vida dele não estava indo pra frente. Eu dei minha opinião de amigo, tentando ajudar ele a ser uma pessoa melhor. Mas o que eu ouço de volta são críticas a minha pessoa. Que sou egoísta por não ter feito X,Y,Z. Mas se eu tivesse todas as respostas pras perguntas, estaria rico e sócio da Microsoft. Não é o caso.

É muito nítido que ele tem problemas e que provavelmente está com dívidas no banco. Percebo isso pois os produtos da empresa dele são caros. Como ele está desempregado há quase 2 anos sem fonte de renda, não sei de onde ele tira recursos pra investir.

Eu e outros amigos fomos bloqueados das redes sociais dele. Chegamos a conversar esses dias sobre a situação e chegamos a conclusão que ele tem uma doença psicológica (que não vou revelar o nome) mas é como se fosse um autismo leve para adultos que atrapalha a interação e convívio com as pessoas. Pessoas muito inteligentes possuem essa doença, o que é mais difícil ainda reconhecer a necessidade de ajuda e buscar tratamento.

Isso é muito triste pois perdi um amigo pela incapacidade DELE de lidar com crítica. Acho que no fundo nunca fui amigo pois quando indicava clientes e dava conselhos, tudo corria bem, agora quando apontei os erros e disse que precisavam ser corrigidos pra crescer, fui bloqueado.

Gostaria de poder ajudar o FRED, mas acho que ele se sente muito superior em relação aos outros. Talvez nunca busque por ajuda ou aceite sua doença, mesmo que os pais venham a dizer isso pra ele.

T.

Tonanni

 

Curtiu

Tonanni

Presentes para Pais

Não aguenta mais o cheiro dos tradicionais Polo, Acqua Di Gio, L’Eau d’Issey, Azzaro, Eau Sauvage e Drakkar Noir quando seu pai vem lhe dar aquele abraço? Nada contra estes perfumes – que são obras-primas olfativas – mas tem hora que é preciso mudar, revitalizar, inovar. Como filho de peixe peixinho é, você não vai deixar seu pai queimar o seu filme, né?

Pensei numa seleção do que eu chamo de agradável, inofensivo e pouco explorado.  Não foi fácil, porque o que é bom vende bastante e se torna popular. Perfumes inofensivos têm também uma propensão para o batido, pois ainda existe o tabu de que perfume marcante é coisa de mulher.

 

Roadster Cartier

Roadster (Roadster)

Perfeito para os fãs de um perfume mentolado, porém sem “vibe” de barbearia e com muita classe, Roadster é uma aposta segura na hora de presentear o velho. Eu mesmo não curto fragrâncias com notas marcantes de hortelã, mas este é uma exceção. A fragrância traz a secura e a terrosidade do vetiver com patchouli e a doçura fresca da baunilha com bergamota. Certamente este não é um perfume para teenagers, mas sim para homens maduros que se identificam com fragrâncias sérias e, ao mesmo tempo, casuais.

 

Hermes Jardin

Un Jardin En Mediterranée (Hermès)

A série Un Jardin da casa Hermès mostrou a que veio com seu primeiro perfume. É uma fragrância aromática com notas de folha de figo, cipreste, flor de laranjeira e frutas cítricas. Sua missão de evocar férias de verão num lugar paradisíaco concretiza-se com um resultado fresco, confortável e relaxante. Por ser unissex, Un Jardin En Mediterranée acaba sempre posicionado na seção feminina das lojas e, portanto, ignorado pelos homens. Sorte do seu pai que ganhará um presente bastante original.

 

Z Zegna

Z (Zegna)

Zegna é sinônimo de sofisticação e sua segunda fragrância não poderia transmitir outra coisa. Embora Z tenha sido concebido para jovens executivos, acho bastante apropriado para os pais de mente aberta. O perfume abre bem frutado e fresco com notas de limão siciliano, zimbro (do gim), alecrim e íris, caminhando para um centro picante e sensual com notas de noz moscada e pimenta. Finalmente, a fragrância mostra seu lado amadeirado e sério por meio das notas almíscar, patchouli, musgo de carvalho e madeira de caxemira.

 

Varvatos

Varvatos (John Varvatos)

Praticamente desconhecida no Brasil, Varvatos é uma das fragrâncias mais versáteis que eu conheço – cai bem para o escritório e também para uma festa. Sua composição está ancorada em dois extremos: couro e limão. Entre estes dois elementos, podemos perceber um ângulo frutado (ameixa e figo), outro cremoso (cedro e sândalo) e finalmente um condimentando (coentro e pimenta preta). Simples e inofensivo, vai agradar até os pais mais rabugentos.

Gucci

Gucci II

Esta fragrância é daquelas que têm um cheiro espetacular, mas que duram apenas três ou quatro horas na pele. Mas por que está neste top 5? Porque é tão bom que vale a pena transferir para um porta-perfume e reaplicar durante o dia. Gucci II é uma fragrância única que mescla dois opostos: o fresco através de notas de chá preto, folhas de violeta e bergamota e o intenso através de notas de tabaco, mirra e pimenta malagueta, tudo isto envolto num cobertor de almíscar. O resultado é elegante e moderno, difícil de ser rejeitado.

Deixe-me adivinhar: depois de ler as descrições acima está pensando em você e não no seu velho? É perfeitamente compreensível. O bom de presentar o seu pai com perfume é que você pode sempre pedir emprestado depois. Fica a dica.

Daniel_Barros Curtiu
Daniel Barros
12
Se inscreva no mailing!
Seja convidado pra eventos e receba atualizações!