Oi pessoal,

Estou escrevendo pra compartilhar algumas coisas que estão passando pela minha cabeça agora.

A minha geração, que nasceu no final dos anos 80 tem a tendência de ser muito imediatista… provavelmente se você nasceu nos anos 90 tem essa característica mais marcada ainda!

Somado a loucura do trabalho e do dia-a-dia, a gente leva a vida no automático e não acaba parando pra pensar na nossa vida, nas nossas escolhas e o rumo que ela está tomando.

Resolvi escrever esse post na verdade pra falar um pouco sobre isso. Estou parando de seguir minha vida no automático e percebendo ela como alguém que está do lado de fora. Estou começando a fazer escolhas diferentes, priorizar amizades e dizer mais não’s do que sim’s.

Nesse fds fui pra Lions na festa TO Q TO e percebi como eu acho uma canseira ir pra balada. Fazia muito tempo que não saia e voltava pra casa tipo 6 da manhã e lembrei o porquê de eu não fazer mais isso… No domingo acabo acordando super tarde, com dor de cabeça e com muito menos dinheiro (afinal valet + bebida + balada sai no mínimo uns 100,00 pra começar a noite), sem contar das pessoas ficarem mexendo com vc na balada, ou eu to ficando velho ou não tenho saco pra isso mesmo!

Gosto muito mais de beber em casa com os amigos, depois ir pra algum bar legal com a turma, acordar no dia seguinte e ir pro parque do ibirapuera andar, correr e tal… Talvez eu esteja lendo muitos blogs fitness e entrando nessa onda (o que é uma coisa boa) mas estou percebendo que ultimamente tenho escolhido muito bem os programas que quero fazer e com quem quero fazer.

Acho que isso é uma questão de dar mais valor pra vida que vc leva e também começar a perceber até que ponto as amizades são verdadeiras ou se são por interesse. Confesso que ainda não consigo identificar muito isso pois tenho um coração imenso e já me deixei levar pelo sentimento, quando deveria ter ouvido o conselho de amigos mais próximos.

É isso! Queria compartilhar um pouco dessa minha “transição” com vcs e dizer que isso está me fazendo muito bem, sinto que acabou a fase da folia e estou focando em construir coisas que vão garantir meu futuro. Como escolhi também levar uma vida mais saudável, sair pra balada e voltar de madrugada tem sido a última das minhas prioridades. Só vou ter que abrir mão na próxima festa da Javalli, que o dono da festa veio falar comigo na Lions e pediu pra eu aparecer por lá… fiquei feliz com o convite dele, principalmente pq a festa bomba e ele fez questão de me ver lá, não vou dar uma de paulista loko e falar “a gente se vê lá” e depois sumir né?!

Vcs tbm já passaram ou estão passando por essa fase tbm? Me manda um comentário no post pra eu não me sentir estranho ou “velho” hehehe, chegar perto dos 30 ta sendo um pouco tenso! hehe

Abs

T

Curtiu
Tonanni
Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Comente pelo facebook
2 comentários
  1. marcelo  31/10/2014 - 16h02

    holla!
    olha li seu post já faz um bom tempo que passei dos 30. Mas meu cérebro, meu corpo, meu rosto, minha personalidade
    meus amigos da mesma idade infelizmente nao me acompanharam. Eu sou o melhor? de jeito nenhum, aliás cheio de defeitos e imperfeições acho que tenho que mais a aprender do que passr alguma coisa a alguem..
    Com 33 anos aprendi a fikar. fiquei comigo mesmo, casei comigo e olha descobri que sou uma boa companhia para mim mesmo. Eu nao me isolei nao, de modo algum só vi de fato quem me importava realmente comigo. Quem gostava de mim me procurou me telefonou e a amizade continou a mesma coisa e quem nao virou apenas colega.
    tolerar-se, desligar o celular o celular net, qualquer agente externo e fikar só com vc cham-se solitude. experimenta fazer isso num final de semana um bom exercicio é terrivel, mas a gente aprende a tolerar-se e nao abandonar-se e nao depender de estimulos externos nem pessoas nem objetos nem nada. dizem quem encontrou isso encontrou a felicidade. sera?
    nao sei.
    olho de vez em quando seu blog, conheci atrvés do /daniel Barros(alias sao parecidos fisicamente sao parentes?
    essa seria a minha opiniao se vc gostar tudo bem se nao gostar tá tudo bem tb. ok.

    quem es fiel en lo poco es fiel el lo mucho. think about this

  2. marcelo  31/10/2014 - 16h15

    continuando….

    è..;.. a idade dixa a gente meio abestado. agora que caiu a ficha. Eu vendo na barra lateral os clipes, o cantor TONANNI

    da espanha, um brasileiro radicado na espanha,. minha mente tava nessa. bom dia! eu conheço quase todos seus clipes

    meus amigos que moram na isla te adoram. vc é mais conhecido na espanha que no brasil né?

    divulga isso homi.. abraços. tonanni

Se inscreva no mailing!
Seja convidado pra eventos e receba atualizações!